11 dicas para acabar com o stress

Stress ou estresse, eis uma palavrinha que não é originária de nossa língua, mas já acostumamos a ela já faz bastante tempo, infelizmente elá muito presente em nosso cotidiano cada vez mais. Parece que a cada ano que passa o mundo está estressado, já teve essa sensação?

O estilo de vida que cultivamos atualmente propicia o estresse, parece que é impossível fugir dele e as poucas pessoas que ainda existem que não são se sentem estressadas são até forçados a ser, já notou que perdemos até a paciência com aquelas pessoas muito calmas e serenas?

O estresse é algo sério e merece atenção, não há nada de positivo, ele pode aumentar e desenvolver outras doenças que dificultam a vida da pessoa, ansiedade, depressão e até pânico. O melhor mesmo é tentar ser o mais tranquilo possível, a vida é uma só e não precisa de tanta pressa, precisa apenas ser curtida aos poucos.

Abaixo segue 10 dicas, mas de nada adianta se você não praticar pelo menos uma, de nada adianta lê-las e não colocá-las em prática. Se pelo menos uma delas você praticar sua vida poderá mudar, pode ter certeza, pois são coisas comprovadas que dão certo.

Está estressado? Que tal 10 dicas para lhe ajudar? Qual técnica você utiliza? Conte para nós.

1) Acordar cedo

A ideia nem é tanto acordar de madrugada, não é isso, a ideia é outra. A dica é apenas acordar um pouquinho mais cedo, uns 20 minutinhos antes do habitual. Acorde e não sai disparado para se arrumar, calme.  Levante um pouco mais cedo para fazer nada, isso mesmo que você leu. Aproveite esses minutinhos para mentalizar coisas boas, respirar e pensar como foi seu dia anterior ou como será seu dia.

Temos a prática de acordar e sair loucos arrumando as coisas, tomando café, arrumando as crianças, tomando banho, etc. Levantar uns minutinhos mais cedo para ficar com você mesmo faz, tente aproveitar esse tempo para você, não com a ideia de fazer algo, mas com a ideia de repouso. Se pensar em ler um livro que não seja com a ideia de fazer algo de produtivo, mas um livro que lhe fará bem, só isso.

2) Poder das cores 

Já existem pesquisas que afirmar que as cores exercem influência sobre nós, não é algo só cultural, mas cerebral. Preste atenção nas cores dos ambeintes que passa a maior parte de seu tempo. Comece por sua casa, as cores que lá estão são cores calmas? Há cores que têm o poder de nos excitar como o vermelho, então ele deve ser evitado. Mude as cores de sua casa para cores claras e calmas, em especial as cores de seu quarto de dormir.

No seu ambiente de trabalho pode ser que não tenha autoridade para mudar as cores, mas no seu cantinho você pode fazer uma mudança. No seu computador mude a proteção de tela (se puder), coloque um lenço sobre sua mesa, faça pequenas mudanças que vão inserir essas cores calmas em seu ambiente.

3) Organização 

Sabia que a organização de seu ambiente reflete a sua organização interna? Pode observar, quando sua vida está literalmente uma bagunça seus ambientes também ficam. Então a dica parecerá estranha, mas quando estiver estressado arrume seu ambiente, deixe tudo no lugar, isso fará uma reorganização interna.

Claro que quando estamos estressados o que menos queremos é fazer alguma organização no ambiente, mas isso pode ser terapêutico para você. Aproveite para doar ou jogar fora aquilo que não.

tem uso para você, “a organização visível leva a organização emocional”, assim essas limpezas e desapegos externos trará a mesma coisa para coisas internas. Isso não conversinha de auto ajuda, são coisas que já são estudas por pessoas especialistas na área.

4) Controle sobre os pensamentos estressores 

O doutor em psicologia médica da universidade de Columbia Erin Olivo, sugere que os pensamentos devem ser gerenciados para reduzir o estresse. Quando estamos estressados os pensamentos ficam bagunçados, confusos e ameaçadores, ele indica uma técnica tipo uma “meditação visual consciente” isso varrerá de sua cabeça esses pensamentos. Veja seus pensamentos como nuvens no céu e deixe elas passarem por cima de você, veja eles como objetos mentais que vão e vem assim ficarão menos desagradáveis.

Uma outra técnica que funciona muito bem é parar quando estiver estressado e escrever seus pensamentos no momento, coloque tudo no papel nos mínimos detalhes, só isso já irá aliviar muito. Depois que escreveu espere uns minutinhos, dê uma voltinha e leia o que escreveu. Você conseguirá ler seus pensamentos como um expectador e terá condições de reorganizá-los novamente. Às vezes nos estressamos com pouca coisa, e colocando no papel suas emoções e pensamentos ajudará você a ver isso.

5) Assista ou leia coisas humoradas

Depois de um dia de estresse não há nada melhor que relaxar e isso pode ser potencializado se você assistir a coisas humoradas e fofas. Gosta de animais? Se sim, veja vídeos na internet deles, há muitos vídeos engraçados com bichos, não há pessoa que resista a um bichinho fazendo suas fofurices. Os vídeos de crianças ou de bebês também são um ótimo remédio contra o estresse.

A ideia aqui e da maioria das dicas é tentar desfocar seu cérebro, sua atenção dos problemas do cotidiano. Parece muitas vezes bobo, mas realmente para quem está em um nível alto de stress, alguns minutos relaxados sem pensar em nada já faz muita diferença.

6) Cante 

“Quem canta seus males espantam”, essa frase é verdadeira segundo a pós doutora Rita Eichenstein de  Cedars-Sinai Medical Towers em Los Angeles. Claro que ela não disse exatamente essa frase, mas esse é o sentido da coisa. Segundo ela, cantar reduz o hormônio do stress chamado cortisol e pode até reduzir a pressão arterial.

Todas as culturas utilizam o canto para festejar, para celebrar e expressar alegria, a música faz parte do ser humano desde a milhares de anos. Algo com certeza em envolvido no ato de cantar, com certeza ele traz alegria, ninguém canta porque está triste.

Então, se estiver estressado tente cantar, mesmo que seja no banheiro. Para ajudar ligue o rádio, ponha uma música e comece a cantar junto. Talvez você não tenha tanto o costume, mas música gregoriana ou música instrumental são ótimas para o relaxamento. Para quem não conhece, a música gregoriana são os cantos dos monges católicos, geralmente em latim e sem instrumento.

7) Pinte

Você conhece alguns livros que vendem em papelarias para adultos pintar? Nunca viu? Não sabe o que está perdendo, é a sua chance de voltar a ser criança novamente. Esses livros vêm com desenhos super elaborados e que só precisa você pegar um lápis-de-cor e iniciar sua pintura. Isso vai requerer de você uma concentração naquele trabalho e consequentemente um esvaziamento de sua mente.

Nada de procurar coisas eletrônicas para  pintar, faça as coisas como antigamente, a menos que você já comprovou que as pinturas eletrônicas irão lhe ajudar.

8) Tente se distrair de alguma forma

Se desenhar não é sua praia, se você não gosta de cantar ou ver vídeos de humor tente fazer algo que você goste, a intenção desafogar sua mente de pensamentos. Gosta de vídeo-games, gosta de futebol, filme, etc. Tudo que tirar você dessa rotina que lhe consome será bom para aliviar o estresse. A rotina mata, literalmente.

9) Relaxamento muscular progressivo 

Uma técnica desenvolvida na década de 30 tem sido usada desde então por alguns especialistas dessa área. É bem simples e descobriram que é eficaz, em poucos minutos você conseguirá. É bem simples mesmo, basta você tensionar o músculo por 5 segundos e depois relaxá-lo. Cria-se a tensão depois relaxa, descobriram que o corpo relaxado é capaz de relaxar a mente, afinal não existem duas coisas, tudo está interligado.

Tensione um músculo por 5 segundos, por exemplo, as mãos. Depois relaxe. Faça com a outra mão, depois relaxe. Faça isso com vários músculos como a testa, olhos, costas, ombros, coxas, estômago e pés. Faça isso diariamente para começar a notar os resultados.

10) Respire fundo

Provavelmente já cansou de ouvir isso, mas realmente as pessoas que estão estressadas ou ansiosas não respiram corretamente. Observe agora neste momento sua respiração, viu como começou a respirar mais profundo e mais pausado? Quando estamos estressados respiramos com mais rapidez e menos profundo. Pessoas que fazem yoga ou participam de técnicas de relaxamento treinam muito a respiração.

Não tem nada a ver com coisa mágicas ou místicos como alguém possa pensar, a respiração tem a ver com nosso bombeamento de sangue, de oxigenação do cérebro. Se você sempre procurar ter consciência de sua respiração verá como ficará mais tranquilo.

Coloque sua mão sobre seu diafragma (abaixo do peito e acima do abdômen) e sinta sua respiração, não há estresse que seja capaz de aguentar uma respiração profunda. Treinar isso todos os dias e futuramente mais de uma vez por dia fará muita diferença em sua vida.

Já observou aquelas pessoas que praticam yoga ou aqueles monges budistas ou de qualquer outra religião que procuram ter a meditação como prática em suas vidas, vejam como eles são pessoas mais serenas, falam mais pausadamente e o estresse do cotidiano não os afetam como nos afeta.

11) Atividade física

Sei que tenta fugir da prática de atividade física, mas não tem jeito, ela é importante demais na nossa vida. Não precisa ir para uma academia, gastar dinheiro para treinar, é possível fazer atividade física de forma gratuita. Uma caminhada já faz uma diferença enorme na vida do sujeito e dessa caminhada há uma evolução quase que natural para uma corrida.

Se você gosta e tem condições de ir para uma academia, ótimo. Lá encontra-se várias práticas que pelo menos uma você gostará. A prática da natação, por exemplo, é ótima para relaxar e tirar o estresse. Você já nadou alguma vez na vida? Se sim, observe que quando você está mergulhado debaixo d’água parece que o mundo desaparece, nada mais importa apenas aquele momento.


Fonte: health

imagens: healththinglink; vaidemoto

Comente com Facebook

comente