Roberto Carlos na década de 50

Goste você ou não de Roberto Carlos é inegável que o cantor é um fenômeno, depois que fez o seu primeiro sucesso nunca mais parou, literalmente. O apelido de “Rei” (dado por Chacrinha) não é por acaso, ele soube se manter no trono nos últimos 50 anos.

Este texto é o primeiro da série sobre as últimas décadas e Roberto Carlos, sem a pretensão de abarcar tudo sobre ele, apenas alguns fatos, textos curtos e objetivos. Caso queira ver as outras décadas clique em Década de 60/ Década de 70/ Década de 80/Década de 90/ Anos 2000

O nome dele é Roberto Carlos Braga nascido no estado do Espírito Santo na cidade de Cachoeiro do Itapemirim no ano de 1941 e filho caçula. Filho de Robertino e Laura, inclusive o Roberto Carlos já fez músicas para os dois.

Roberto Carlos iniciou seu interesse pela música ainda muito novo, consta que ele aos 9 anos de idade (1950) ele participou de um concurso musical em um programa de rádio de sua cidade e ganhou, como prêmio recebeu balas (prêmio dado às crianças que participavam do programa).

Roberto Carlos aprendeu a tocar violão e piano muito novo por incentivo de mãe. Seu apelido de infância era Zunga. Aos 6 anos Zunga sofreu um acidente em que foi preciso amputar um pedaço de sua perna direita, desde então ele usa uma prótese. É um episódio que do qual o Rei não fala e já proibiu que outros usasse essa história.

Na segunda metade dos anos 50 (ainda adolescente) Roberto Carlos entra em contato com o novo estilo musical que estava fazendo a cabeça dos jovens, isso acontece depois que ele muda para o Rio de Janeiro. Lá ele conhece uma turma bem bacana entre eles estava o Tim Maia, Jorge Ben e Erasmo Carlos. Eles formaram o primeiro grupo musical que Roberto Carlos fez parte chamado de The Sputniks.

Depois do fim do grupo Roberto Carlos passa a se apresentar no Hotel Plaza e não cantava Rock e sim bossa nova e samba-canção. Participou também do programa Clube do Rock na extinta Tv Tupi onde era chamado por seu apresentador de “Elvis brasileiro.

Em 59 Roberto Carlos gravou um compacto chamado “João e Maria/Fora do Tom”. Nessa época Roberto Carlos só tinha 18 anos.

Essa é apenas a primeira década da história do cantor, vamos para a década de 60

____________________________________________________

fonte: wikipedia

Comente com Facebook

comente